Negocios Com Impacto Social

Os negócios de impacto social no Brasil

Post Series: Saiba como empreender pelo social

Para a Aliança Empreendedora e inúmeras organizações que apoiam negócios de impacto social e projetos de apoio a microempreendedores de baixa renda, quando se gera novas oportunidades de negócios, trabalho e renda através do empreendedorismo, promove-se inclusão e desenvolvimento econômico e social.

É preciso unir forças e viabilizar acessos para fazer da economia um lugar para todos.

Todos podem empreender

De acordo com as pesquisas da Dra. Saras Sarasvathy, o empreendedorismo não é um dom, mas um “conjunto de habilidades” que podem ser desenvolvidas pela prática e experiência. É preciso, então, somar as competências naturais para empreender com as habilidades aprendidas para a gestão de negócios e o acesso ao conhecimento, às redes, aos mercados e ao crédito.

A metodologia de criação de negócios inclusivos não se dá a partir do “plano de negócios”, mas a partir do que os microempreendedores têm, desenvolvendo três pilares fundamentais:
1 – Quem eles são, suas identidades, sonhos e autoimagem;
2 – O que eles sabem, seus conhecimentos e experiências;
3 – Quem eles conhecem, sua rede de contatos.

Aceleradoras de negócios sociais

Uma das estratégias para fomentar o comportamento empreendedor é o menthoring, na forma como propõem, por exemplo, a Artemisia, a Ashoka, a Fundação Fenômenos e o Social Good Brasil. Diferente das incubadoras — voltadas a apoiar negócios mais tradicionais, em geral com vínculo territorial e nascendo dentro das Universidades — as aceleradoras têm o papel de identificar ideias empreendedoras já em estágios mais maduros, com potencial de escalabilidade, e se propõem a organizar os projetos, orientar, capacitar e acompanhar os empreendedores.

Uma das belezas do processo de aceleração é a maternagem dos modelos de negócio e o amadurecimento dos empreendedores. Muita gente têm vontade de mudar o mundo mas sem preparo e sem apoio pode acabar vendo a ideia naufragar.

Ouse e inove! Parceiros, amigos, apoiadores, incentivadores e até patrocinadores querem algo inovador.

Índice de inclusão empreendedora

Todas as metodologias impactam diretamente no comportamento empreendedor. Por isso, avaliar só o crescimento do negócio é insuficiente para entender o impacto real que uma metodologia provocou na vida de cada um deles. Através de questionário aplicado uma vez antes do início das capacitações, e uma depois, é possível mensurar o resultado do esforço de capacitação.

A verdade é que o brasileiro, mesmo com as dificuldades, é um povo bastante empreendedor: pesquisa aponta que três em cada dez brasileiros adultos entre 18 e 64 anos possuem uma empresa ou estão envolvidos com a criação de um negócio próprio. Outra pesquisa descobriu que 52% dos empreendedores de sucesso são os primeiros de sua família a iniciar um negócio. Você que leu até aqui, o que vai fazer agora que já sentiu a comichão coçar?


Instituições / Menthors / Fellows:
Aliança Empreendedora
Artemisia
Ashoka
Fundação Fenômenos
Social Good Brasil

Vídeos:
Inovação Social no Mundo
Investir para Transformar

Pesquisas:
Global Entrepreneurship Monitor (GEM), feita no Brasil pelo Sebrae e pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP)
The Anatomy of an Entrepreneur, realizada pela Fundação Kaufmann (2009).

Alexandre Mello

digital por formação │ pós-graduado em educação a distância │ curador de acervo audiovisual │ produtor executivo │ documentarista │ autor │ conteudista

Buscar